[ ªsede ]


4oolhoos

PARIS, TEXAS
WIM WENDERS (1984)


[ fb event >> ]



[ >> ]


Todas as coisas mentem a um olhar severo


Vasco Gato
IMO


Diz o poeta:


4oolhoos

A MULHER CANHOTA
[DIE LINKSHÄNDIGE FRAU]
PETER HANDKE (1978)

[ >> ]


Após três meses de trabalho,
chega a primeira ACTA [ ªSede >> ]


4oolhoos

MYSTERY TRAIN
JIM JARMUSCH (1989)





Não mais, musa, não mais [ >> ]


“Temos a certeza de que vamos perder dinheiro,
mas interessa-nos outro tipo de riqueza”
FLOP.

[ esquerda.net >> ]

reservas >> ]


"oh! isto é tão contemporâneo"

FYODOR BRONNIKOV
SERVANT OF CARDINAL (1869)


[master defecate]


asseadíssimo! vai sempre-sempre à caixa.
onde?
onde como?
onde é a caixa; onde é que a caixa está?
na cozinha.
onde?
onde como?
na cozinha, onde?
ao lado do frigorífico.
de que lado?
de que lado como assim?
caga do lado para onde a porta abre, ou do outro?


4oolhoos

2:1
a roller skater
a swimmer
one song




(*****) fashioninja

"Flop, a editora que augura o próprio fim" [ JN >> ]

[ reservas >> ]


"oh! isto é tão contemporâneo"

JOSÉ CARDOSO
DICK PORTRAITS (ªSEDE - DEZ. 2016)




COM AS DEVIDAS RESERVAS, FICA MAIS BARATO.  [  >>  ]


"oh! isto é tão contemporâneo"

PERE BORRELL DEL CASO
ESCAPING CRITICISM (1874)


vinha gente de muito longe ouvir o homem que dizia:
umil.
prostrados defronte da modesta casa, esperavam e depois repetiam:
um-mil, um-mil.
sucederam-se os dias aos dias e os meses passaram.
um-mil, um-mil.
naquela tarde o homem saiu porta fora e disse:
umilhão.

( algures no Intendente )


Arquivo